Quem não pode servir ao Senhor?

Texto: Josué 24: 14 – 21



Introdução

Josué nasceu no Egito durante a escravidão de seu povo – Israel. E dali saindo com o povo, após duras provas, tornou-se servidor de Moisés. Foi um jovem que soube aproveitar as oportunidades para aprender. Sempre ia à tenda com Moisés, e quando este voltava, Josué permanecia orando. Deus só escolhe pessoas envolvidas com sua obra. “E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo. Depois tornava Moisés ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, não se apartava da tenda” Êxodo 33:11. Isso mostra a qualidade das pessoas que Deus escolhe. O texto que usamos no princípio, apresenta Josué em sua velhice, experiente. Agora no final de sua vida apresenta um desafio ao povo de Israel. “…escolhei hoje a quem deveis servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais; porém, eu e a minha casa serviremos ao Senhor” v.15. Tudo na vida depende das escolhas que fazemos. Muitas pessoas estão pagando um preço muito alto por escolhas erradas que fizeram na vida. E muitas outras ainda estão fazendo escolhas erradas. Para o povo não houve dúvida, todos levantaram sua voz e responderam: “Nós também serviremos ao Senhor, pois é nosso Deus”. v.18. Josué, porém, conhecia muito bem o seu povo, fazia 40 anos que andavam juntos naquele deserto, saindo do Egito até a entrada em Canaã. Quantos problemas este povo havia causado a Moisés! Era um povo de coração duro, como Deus disse algumas vezes. “Eles porém não deram ouvidos; antes endureceram a sua cerviz, como fizeram seus pais, que não creram no Senhor, seu Deus” II Reis 17:14. Tinham uma tendência idolátrica, como havia acontecido enquanto Moisés estava no monte Sinai recebendo do Senhor os 10 mandamentos; que passados 40 dias o povo pediu a Arão que lhe fizesse um bezerro de ouro e passaram a adora-lo. Naquele dia 3000 idólatras foram mortos a espada pelos levitas. Êxodo 32:25-35. Agora estavam na terra da promessa, e Josué queria ter certeza, de que seu povo estava sendo sincero em sua vida espiritual e lembrou-lhes que estavam dizendo algo que não podiam cumprir. Mesmo assim eles insistiram dizendo: “Não, antes serviremos ao Senhor” v.21. Josué disse: “Não podereis servir ao Senhor” v.19. Essa declaração se torna uma realidade ainda maior em nossos dias, pois sabemos que todos desejam servir ao Senhor, mas não profundamente, não com um coração inteiro. É muito fácil ter uma religião que não apresente o que a Bíblia ensina. É fácil dizer que está servindo ao Senhor, quando ao mesmo tempo está comprometido com o pecado, com o mundo e seus prazeres. É possível que você esteja com o mesmo pensamento do povo de Israel: “Nós queremos servir ao Senhor, ou então, nós também servimos a Deus”. Quero apresentar algumas atitudes que impedem qualquer pessoa de servir a Deus. Como disse Josué: “Assim não podereis servir ao Senhor”. Depois de ouvir o ensino bíblico sobre o assunto, tereis oportunidade de escolher a quem quereis servir.

I- Pessoas idólatras não podem servir ao Senhor

A Bíblia ensina que pessoas idólatras não podem servir ao Senhor. “Andarão dois juntos se não houver entre eles acordo?” É claro que não! Então vejam o que diz o primeiro mandamento da lei de Deus: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás” Ex. 20: 3,4 e 5 a. Este era o problema do povo. Eles queriam adorar ao Senhor, mas também aos ídolos dos povos que habitavam a terra de Canaã. Josué tinha conhecimento suficiente para dizer que era impossível o que eles estavam querendo e por isso respondeu com toda segurança: “não podereis servir ao Senhor”. Deus proibiu que se fizesse qualquer figura semelhante a alguém que está no céu, na terra ou nas águas debaixo da terra. Não fazer é um mandamento, é uma ordem e ninguém tem o direito de quebrar uma ordem de Deus. Fazer imagens esculpidas é renunciar todo ensino das sagradas escrituras. Ninguém pode servir a Deus rejeitando seus ensinos. Idolatria é colocar outra pessoa ou coisa no lugar de Deus. “Os ídolos deles são prata e ouro, obras das mãos do homem. Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram; têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai de sua garganta. Semelhantes a eles sejam os que os fazem e os que neles confiam.” Sal. 115: 4-8. Deuses desse tipo não estão preocupados com a conduta de seu povo; deuses assim nada exigem, porque nada sabem; e normalmente as festas a estes deuses são acompanhadas de bebidas alcoólicas e orgias, drogas e prostituição. Qualquer coisa que ocupa o primeiro lugar na vida de uma pessoa, torna-se seu ídolo. E pessoas idólatras não entrarão no céu. “Ficarão de fora os cães, os feiticeiros e os idólatras” Apoc. 21:8. “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”, Jo 4: 23, 24. Ou a experiência de Tomé em Jo 20: 24-29 que após a ressurreição de Jesus disse que não creria a menos que colocasse seu dedo nos cravos e no lado do Senhor. Jesus apareceu e o chamou de incrédulo. Você quer ver para crer? Então você é um incrédulo! Idolatria é pecado porque é uma demonstração de incredulidade. Na mídia ouvimos dizer que idolatria é símbolo de fé. Quantos milhões de fiéis, dizem. Mas a bíblia ensina que é símbolo de incredulidade. “Disse-lhe Jesus: Por que me viste, creste? Bem aventurado os que não viram e creram” v.29. E mais: Paulo diz que culto aos ídolos é culto aos demônios. “Portanto, meus amados, fugi da idolatria. Mas que digo? Que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Ou que o ídolo é alguma coisa? Antes, digo que as coisas que eles sacrificam, sacrificam-nas aos demônios e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios.” I Cor. 10:14, 19 e 20.

II- Pessoas com coração dividido não podem servir ao Senhor


Deus nos conhece melhor do que nos conhecemos a nós mesmos; a oniciência de Deus vê cada parte de nosso ser; Ele conhece a nossa natureza moral e espiritual muito bem. Deus conhece teu estado atual, Ele sabe o quanto amas ao pecado. Quantas pessoas estão dentro das Igrejas com o coração dividido, enganando-se a si mesmos, pois Deus não aceita coração dividido. “ E deu-lhes ordem dizendo: Assim, andai no temor do Senhor, com fidelidade e com coração inteiro” II Cron. 19:9. E falando de Ezequias a Bíblia diz: “E toda a obra que empreendeu no serviço da casa de Deus, e de acordo com a lei e os mandamentos, para buscar a seu Deus, ele a fez de todo o seu coração e foi bem-sucedido” II Cron. 31:21. Coração dividido é um grande obstáculo na vida espiritual, por isso Jesus advertiu: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e as riquezas” Mateus 6:24. Não temos condições de crescer em nossa vida espiritual enquanto nosso coração estiver dividido. O nosso sucesso espiritual depende do quanto amamos a Deus e sua palavra. Damos prioridade a pessoa amada e gastamos tempo com a pessoa amada. O que estou dizendo é natural e deveria ser do conhecimento de todos. Veja bem! Num relacionamento conjugal só há crescimento quando o coração de um é por inteiro do outro, e o casamento se torna uma bênção; é bem sucedido. Mas se um dos conjuges está com seu coração dividido com outra pessoa o relacionamento é uma tragédia. Ninguém aceita coração dividido. Assim como temos que fazer uma opção no relacionamento conjugal, precisamos faze-la no relacionamento espiritual. Deus é fiel e por isso exige fidelidade de nossa parte. “Não podeis servir a dois senhores”. É perigoso estar com o coração dividido. Pôncio Pilatos foi confrontado com Jesus e sabia que Ele não tinha cometido crime algum digno de morte. Mas a multidão gritava, crucifica-o, crucifica-o. Mesmo sabendo que em Jesus estava toda verdade, não teve coragem de optar por Jesus. Ficou dividido entre Jesus e a multidão. Pediu uma bacia d’água para lavar as mãos pensando que isso lhe desse paz. A água lavou-lhe às mãos, mas não a consciência. A verdade sempre será a verdade e não podemos fugir da verdade. Com coração dividido não podereis servir ao Senhor! “Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” Tiago 4:4. Há momentos que precisamos decidir o que queremos. Pois estar com o coração dividido é estar em conflito constante. Segundo a psicologia os conflitos advém de um coração dividido, ou pensamentos divididos. Estar dividido é doença grave. Precisamos tomar decisão e escolher o que queremos para nossas vidas. “E Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus segui-o; mas se baal, segui-o. O povo, porém, não lhe respondeu nada” I Reis 18:21. E a partir dessa frieza do povo Elias vai para o deserto, onde pede para si a morte. Não é fácil trabalhar com pessoas que não sabem o que querem da vida. Que sabem a verdade e escolhem para si a mentira, o engano. Os sofrimentos que existem no mundo não é porque Deus se esqueceu de nós, mas porque nossas decisões são contrarias à sua vontade. Alguém disse que nós temos o que merecemos. Este é o nosso tempo, a nossa oportunidade de fazer a história, e que saibamos nos conduzir com um coração inteiro diante do Senhor.

III- Pessoas não regeneradas não podem servir ao Senhor

Aqueles que ainda não foram transformados pelo poder regenerador do sangue de Jesus Cristo, que ainda não se tornaram novas criaturas, não podem servir ao Senhor. Não se trata de uma incapacidade física, mas incapacidade moral e espiritual. O homem está moralmente decaído e espiritualmente morto, por isso é dominado pelas forças do mal e a tendência de seu coração é só para o mal. Isso é conseqüência do pecado: “Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente” Gen. 6:5. O coração humano precisa ser regenerado. “ Lançai de vós todas as transgressões que cometestes contra mim e criai em vós um coração novo e um espírito novo; pois, por que morrereis, ó casa de Israel?” Ezequiel 18:31. A regeneração é apresentada como condição absoluta para a vida. Mas o povo dizia: “Visto que as nossas transgressões e os nossos pecados estão sobre nós, e nós definhamos neles, como viveremos, então? Ezequiel 33:10. E o Senhor manda dizer: “Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas sim, que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois por que morrereis, ó casa de Israel? Ezequiel 33:11. “Não é por amor de vós que eu faço isso…mas em atenção ao meu santo nome, que tendes profanado entre as nações por onde fostes. Também vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra e vos darei um coração de carne. Ainda porei dentro de vós o meu Espírito” Ezequiel 36:22, 26 e 27 a. O próprio Deus realiza em nós a obra de regeneração quando permitimos que Ele trabalhe. Jesus veio ao mundo, sendo o próprio Deus encarnado para realizar esta obra necessária para a salvação. E foi muito claro quando tratou desse assunto com Nicodemos. “Ora,havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos Judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” João 3:1-3. Nicodemos era religioso, um dos principais entre os fariseus, porém líder religioso, mas não era regenerado; não havia passado pelo novo nascimento; e por isso não podia servir ao Senhor. Orava diariamente, jejuava e dava esmolas, mas não podia servir ao Senhor. Pessoas não regenerados não podem servir ao Senhor. Jesus lhe disse que o que é nascido da carne é carne, mas o que é nascido do Espírito é Espírito. E esta é a condição para o céu. E Paulo define o que significa o novo nascimento “ Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” II Cor. 5:17. E “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça” Rom. 8:1 e 10. Só pessoas regeneradas podem entrar no céu, só pessoas regeneradas podem servir ao Senhor.

Conclusão

Muitos estão dispostos a participar da vida religiosa, mas poucos estão dispostos a se colocar sob a cruz. Jesus disse: “Aquele que não tomar a sua cruz e não vir após mim, não é digno de mim”. Milhares dizem: Se fizermos o melhor Deus vai deixar tudo bem conosco; mas a Bíblia diz: “Pois todos nós somos como o imundo; e todas as nossas justiças, são como trapo de imundícia” Isaias 64: 6 a. Tudo o que o homem faz de bom está manchado pelo pecado, o coração do homem é corrupto e precisa ser transformado. Conta-se que santo Agostinho quando foi convertido, teve uma mudança radical. Tinha vivido em adultério durante muitos anos. Um dia, depois de sua conversão, ele ia caminhando por uma calçada e de repente viu a mulher com quem vivera amasiado. Agostinho imediatamente deu meia volta e deu as costas àquela mulher; ela se surpreendeu e começou a correu para alcançá-lo, ele porém, também correu. A mulher então gritou: Agostinho, sou eu. Ele respondeu: Mas eu não sou mais o mesmo. Sua vida havia sido transformada. Hoje há muita gente que professa Jesus que não é digno de ser chamado de cristão. Pessoas idólatras não podem servir ao Senhor; pessoas com coração dividido não podem servir ao Senhor; pessoas não regeneradas não podem servir ao Senhor. Creio ser um momento oportuno para pensar sobre nossas vidas. Temos nós condições para servir ao Senhor? É hora de resolvermos nossas pendências na vida espiritual. Servir a Deus depende de você. Porque coxeareis entre dois pensamentos; se o Senhor é Deus, servi-O; se baal é deus, servi-o.

Pr.Cirino Refosco
cirinorefosco@pibja.org

No comments yet... Be the first to leave a reply!

mais sermões